pt.news
122

Ou o Vaticano está mentindo, ou está cooperando com mentirosos

O ativista gay Frederic Martel publicou, em 4 de abril, um convite (imagem) contendo um anúncio de que o Papa Francisco realizaria um "discurso histórico" sobre homossexualidade durante uma audiência privada em 5 de abril.

Brincando com palavras, o porta-voz do Vaticano, Alessandro Gisotti, afirmou em 4 de abril que "em relação ao que foi escrito por muitas agências de notícias, eu posso negar categoricamente que o Santo Padre fará um 'discurso histórico' sobre homossexualidade."

O convite é assinado pelo juiz argentino Raúl Zaffaroni, e pelo advogado Leonardo Raznovich.

Em uma entrevista de 2006, Zaffaroni se recusou a responder à questão se ele era homossexual. Raznovich é um conhecido propagandista gay.

#newsKttpcjxrmq