pt.news
103

Esse é o fim? Vaticano de Francisco promove suicídio

O padre jesuíta Carlo Casalone, professor de teologia imoral na Universidade Gregoriana, insta a Igreja, em LaCiviltaCattolica.it (15 de janeiro), a apoiar uma legislação [imoral] de suicídio assistido (“homicídio consensual”) na Itália.

Marie-José Thiel, professora de teologia imoral em Estrasburgo, França, explicou no LeMonde.fr dos oligarcas (31 de janeiro) que Casalone não poderia ter assumido essa posição “sem a aprovação da Santa Sé”.

Ela também acredita que o suicídio assistido deve ser permitido “para evitar um mal pior”, como o suicídio assistido a pedido. Thiel parece ser a única que não percebe que este será precisamente o próximo passo.

Tanto Casalone quanto Thiel são membros da “Pontifícia Academia para a Vida” de Francisco, cuja tarefa se tornou carimbar as decisões imorais dos que estão no poder. Pelo menos, a maestria da Igreja do Concílio em cometer suicídio é indiscutível.

Fotografia: Carlo Casalone, LaCiviltaCattolica.it, #newsIeebtlntxs