Profanação: Provocação lésbica no santuário mariano espanhol

No passado fim de semana, uma mulher ajoelhada pediu a outra mulher para "casar" com ela em frente à famosa imagem da Virgem de El Rocio, em Huelva, Espanha.

O espetáculo foi encenado para ser filmado e utilizado como provocação pelos meios de comunicação social dos oligarcas. Venderam o espetáculo como algo "maravilhoso". A Abc.es chamou-lhe mesmo um "pedido de casamento" emotivo. As duas mulheres terminaram a sua atuação com um beijo.

A lei espanhola sobre a liberdade religiosa (Lei Geral 7 de 5 de julho de 1980) sanciona este tipo de actos de profanação de uma igreja, mas é pouco provável que o regime espanhol permita que tal aconteça.

Tradução de IA